Dicas Para Ler e Compreender a Palavra de Deus

Recentemente fui questionado sobre a melhor maneira de ler e, principalmente, compreender a Palavra de Deus. Assim, resolvi compartilhar com você a minha experiência.

Essa é uma questão que para mim é muito familiar, porque antes de me converter ao Senhor Jesus, havia tentado ler a Bíblia por diversas vezes sem nunca ter conseguido sair das primeiras páginas de Gênesis. A minha desistência se dava pelo fato de não conseguir entender os Textos Sagrados. De fato, se não entendia o princípio, me sentia desestimulado a continuar. Inclusive, já ouvi em programas de entrevistas, grandes personalidades brasileiras relatarem ter lido a Bíblia mais de uma vez, mas que nunca haviam compreendido absolutamente nada, o que é realmente muito frustrante.

Desde a minha conversão, bem no início de 2007, para a glória do Senhor, estou na minha terceira leitura integral. Apesar de ser relativamente pouco, já consegui identificar alguns pontos que fazem a diferença entre uma leitura proveitosa e a simples perda de tempo. Por isso, acredito que as dicas abaixo vão ajudar bastante no seu estudo da Palavra de Deus. Mas, observe que apesar de numeradas, não seguem uma ordem de importância, pois, considero todas igualmente relevantes e dependentes entre si. Vamos a elas.

1 – A Bíblia é a revelação de Deus para os homens – A primeira coisa que você precisa crer é que a Bíblia foi a forma que o Criador encontrou para Se revelar ao homem. Tudo que você precisa saber sobre Deus, encontrará nela. Você deve crer em tudo que está escrito, de capa a capa. Se não for assim, as dúvidas vão confundir e prejudicar o seu entendimento.

2 – A Bíblia não é um mero romance, portanto, não leia com o simples propósito de se distrair. Ela deve ser estudada diariamente e em sequência, pelo menos um capítulo por dia, para que você possa entender o contexto do que lê. Texto, fora de contexto é o fundamento para o surgimento de heresias e fanatismo.

3 – Não se preocupe com o tempo que vai levar a sua primeira leitura bíblica. Leia sem qualquer compromisso de tempo e não se deixe desanimar. O importante é compreender a mensagem à medida em que avança.

4 – É essencial antes de qualquer leitura, orar para que o Espírito Santo lhe dê compreensão sobre o que vai encontrar pela frente. Quando tratamos das coisas de Deus, tratamos de coisas espirituais, que devem ser discernidas no Espírito, segundo 1 Coríntios 2:14, “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”. Seja humilde e verdadeiro(a) em sua oração. Em Jeremias 29:13, está escrito “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.”.

5 – Por diversos momentos a Bíblia vai estampar os seus próprios erros diante de si. Você vai ser tentado(a) a fechar a Palavra e pensar “Deus não pode ser desse jeito!”. Lembre-se que Deus é Santo, Perfeito e Soberano. Se alguém tiver de mudar, com certeza não será Ele. Siga em frente!

6 – Em alguns momentos você será levado(a) a pensar algo como “o padrão de Deus é muito alto para mim, eu não sirvo para essas coisas…”. Não pare! Deus conhece os nossos limites e capacidades. Em razão disso, está escrito “não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana: mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação, dará também o meio de saída, para que possais suportar” (I Coríntios 10:13); “Deus conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó.” (Salmo 103:14). Deus espera que façamos o que é humanamente possível. Para o que vai além, o Sangue de Jesus cobre a diferença, para os que O aceitarem como Senhor e Salvador de suas vidas. Diz as Escrituras: “Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; e Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.” (1 João 2:1-2). Lembre-se: o Sangue de Jesus vai aonde você não pode ir.

7 – A Bíblia não foi escrita na sequência em que os livros aparecem. Não obstante, sugiro que comece por Gênesis e termine em Apocalipse. Isso porque os diversos livros do Antigo Testamento apontam profeticamente para a pessoa de Jesus Cristo. Quando entrar no Novo Testamento, verá o cumprimento das diversas profecias feitas a respeito dEle.

8 – Opte por uma versão tradicional da Bíblia como a de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. Versões como a NVI (Nova Versão Internacional) e NTLH (Nova Tradução na Linguagem de Hoje) muitas vezes mudam completamente o sentido original do texto.

9 – A Bíblia é um livro erudito. Tenha um bom dicionário ao seu lado para os termos mais complexos.

É isso. Você verá que ao final da leitura terá compreensão sobre o todo, de coisas que nunca havia pensado ou, no mínimo, havia aprendido de forma equivocada. Você sentirá um renovo dentro de si e um prazer indescritível. E certamente irá desejar ler outra vez.

Se tiver alguma dúvida, procure a ajuda de algum Pastor Evangélico. Tenho certeza que ele terá muito gosto em esclarecê-lo. E se desejar, entre em contato conosco. Eu e minha equipe teremos prazer em ajudar também!

Forte abraço, saúde e paz!

Pastor Evangélico, Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Life, Executive & Professional Coach, Problogger.

Deixe uma resposta