Jesus é o Caminho

A Palavra de meditação para esta mensagem está fundamentada em João 14:6, que diz “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”.

Jesus é o caminho. Não é apenas uma afirmação retórica ou frase de impacto de um mestre muitíssimo inteligente. A complementação deste raciocínio está em João 17:17, que afirma “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade”. Em I Coríntios 15:45-47, Paulo se refere a Jesus como “o último Adão” ou “o segundo homem”, o primeiro de um novo ser, espiritual, à imagem e semelhança do Pai Criador. Jesus, como o Caminho Verdadeiro, nos tira da carnalidade de Adão para nos levar a um outro nível de profundidade espiritual que não seria possível alcançar de nenhum outro modo.

Muitas vezes ouvimos algo como: “Eu lhe disse a verdade!”. No entanto, Jesus não se limitou a dizer a verdade, Ele incorporou-a em sua mais sublime essência. Ele transformou um conceito racional em uma forma concreta e visível, que todos poderiam tocar se quisessem. O Seu mover, respirar, tocar, as Suas palavras, o Seu amor… Tudo em Jesus era (e é!) verdadeiro. Quanta credibilidade Ele deu às suas próprias ações! Um professor pode apresentar uma verdade matemática, gramática, científica ou histórica, mas nunca poderia personificar as verdades ensinadas como fez Jesus. Se uma pessoa ensina sobre a verdade moral, o seu exemplo não seria em palavras, mas por meio da análise do seu comportamento. Afinal de contas, ninguém aceita ser ensinado sobre fidelidade por um mestre adúltero, nem sobre honestidade por um mentiroso ou ladrão (Romanos 2:21-24). Jesus vivia intensamente cada uma das verdades que ensinava!

O original grego para a palavra “verdade” em João 17:17 é alétheia, que significa realidade suprema, a essência de um assunto. A verdade mencionada por Jesus é a realidade que fundamenta o exemplo de retidão, o que há de mais puro sobre o termo.

Compare com o que Jesus diz a respeito de Satanás para os judeus em João 8:44 “Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira.”

Fica óbvio que Satanás é absolutamente oposto a Cristo, em todos os sentidos. A premissa para o Plano de Salvação é que aquele que aceita Jesus como Senhor e suficiente Salvador de sua vida reconheça que Deus é verdadeiro em todas as suas afirmações e promessas. Sabemos que Jesus é o caminho porque Ele é fiel à Sua Palavra, e por isso, confiável naquilo que esperamos dEle. Se aceitamos Jesus como Senhor e mudamos de vida por causa dEle é porque realmente cremos que fala a verdade sobre Si e sobre o Reino de Deus. Crer na verdade de Jesus é a base para a conversão e salvação de uma pessoa.

Jesus é o caminho para nos tornarmos príncipes e sacerdotes segundo os desígnios de Deus, isto é, líderes no ensino de uma forma de vida baseada na verdade revelada em Sua Palavra. Jesus não irá considerar membro da família celestial pessoas que não personificam a verdade como Ele próprio nos ensinou. Em outras palavras, temos também que personificar a mesma verdade, porque somos Sua imagem e semelhança. E para que isso ocorra, tem que haver mudança de caráter, e deixar que o Espírito Santo trabalhe em nós, para que venhamos a produzir o Seu fruto.

Jesus é o caminho, a verdade e a vida. Sem Ele, nunca chegaríamos a Deus.

–x–

Se acompanha e gosta das nossas mensagens, comente e compartilhe nas redes sociais!!

Pastor Evangélico, Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Life, Executive & Professional Coach, Problogger.

Deixe uma resposta