O Homem Pode Impressionar a Deus?

Esta é realmente uma questão difícil de ser respondida. Como não sou dono da verdade, não saberia dizer exatamente o que alguém pode fazer para chamar a atenção de Deus para sua vida. No entanto, a Bíblia nos fornece inúmeras pistas onde seriam necessários vários artigos para estuda-las todas. Por isso, abordaremos apenas três.

A primeira e grande pista é a obediência à Sua Palavra. Em 1 Samuel 15:22, está escrito “Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua Palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que gordura de carneiros”.

Na época dos tempos bíblicos, em especial no Antigo Testamento, os homens preferiam oferecer sacrifícios de animais pelos seus erros, pelos seus pecados, a obedecer à vontade de Deus. Era muito mais simples e menos penoso. Por outro lado, mesmo após a vinda de Jesus as pessoas continuam preferindo se sacrificar em rituais e promessas muitas vezes sem sentido, a obedecer a Sua voz e responder ao Seu chamado. Mesmo porque, apesar de parecer simples obedecer ao Senhor, não é nada fácil. Jesus nos advertiu que o caminho era apertado, a porta estreita, mas que sem dúvida levava à vida (Mateus 7:13-14).

A segunda pista que o Texto Sagrado nos fornece em várias passagens está externado no Salmo 51:17, que diz “Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás ó Deus”. Acredito verdadeiramente que se existe algo que possa fazer com que o Senhor se levante de Seu trono para nos observar melhor, seja a sinceridade de um coração arrependido de seus pecados. Observamos isso quando lemos sobre o rei Davi. Mesmo sendo um homem cheio de defeitos graves, tendo feito tantas coisas que são abomináveis segundo a Palavra de Deus, quando se arrependia, fazia isso de forma sincera, e tinha coragem de admitir seus pecados na frente de quem fosse, sem se importar com a sua realeza terrena. Davi sabia que havia muito acima dele um Ser muito maior, poderoso, mas, acima de tudo, misericordioso. Talvez tenha sido a sua capacidade de arrependimento um dos motivos que fez com que Davi fosse considerado um homem segundo o coração de Deus.

Todo o Salmo 51 (em especial os versos 1 a 5) é um hino de arrependimento, escrito por Davi, depois de ter seu pecado desnudado pelo profeta Natã. Davi havia enviado seu capitão Urias para a guerra, para ser morto, pois havia engravidado sua mulher Bate-Seba.

Ora, o Senhor conhece nossas fraquezas, nossos defeitos. O inimigo sabe que nossa carne é fraca e sabe explorar justamente os nossos pontos vulneráveis. Essa é uma verdade que o Criador tem pleno conhecimento. Por isso, quando reconhecemos e nos prostramos verdadeiramente arrependidos, pedimos perdão e o Sangue de Jesus sobre nossas vidas, Ele tem satisfação em nos perdoar e trazer renovo sobre nós.

Por fim, a terceira pista sobre o que podemos fazer para chamar a atenção de Deus para nós é o exercício da fé incondicional e sobrenatural. O próprio Jesus Cristo nos disse em Mateus 21:21-22, que se tivéssemos fé e não duvidássemos, daríamos ordem a um monte para se jogar ao mar e tal sucederia, desde que pedíssemos em total credulidade. O nosso Deus além de não poder mentir é perito em realizar maravilhas dessa natureza. Por isso, creio que um clamor levantado com essa fé fora do comum, ou mesmo uma ordem dada no mundo espiritual com a mesma certeza, faz com que o nosso Pai Celestial promova o sobrenatural a nosso favor. Afinal, Ele vela para que toda a Sua Palavra seja cumprida (Jeremias 1:12)!

Portanto, sem desmerecer tantos outros fatores que Deus observa no nosso caráter, creio que esses elementos fazem a diferença na vida de um verdadeiro convertido. Não que nos tornemos melhores diante de Deus, porque a Graça é derramada igualmente sobre todos. Mas, segundo Paulo nos orienta na Carta aos Hebreus 10:38, devemos nos perseverar na fé, a fim de que o Espírito Santo nos transforme a ponto de sermos dignos de receber cada vez mais dAquele que tanto nos ama.

Pastor Evangélico, Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Life, Executive & Professional Coach, Problogger.

Deixe uma resposta