Será o Próximo 21/12/2012 a Data do Fim do Mundo?

No Brasil não temos com tanto vigor a tradição apocaliptica do fim do mundo, mas nos Estados Unidos e em outras regiões do planeta esse tema está sempre em voga. Os maiores estúdios de cinema, canais televisivos, escritores e diversos sites sabem explorar muito bem este assunto. Ainda que não haja a menor hipótese do mundo acabar no próximo 21/12/2012, muita gente fatura altíssimo com este clima de catástrofe. E já que existe esse “mercado”, o pensamento geral dos empresários é “por que não incentivá-lo e abocanhar um pedaço do bolo também”? No mundo dos negócios é o que chamamos “oportunidade”.

O motivo da vez é que muitas pessoas acreditam que o antigo calendário maia termina misteriosamente no solstício de inverno no ano de 2012. Será este um sinal de que os maias sabiam que 21 de dezembro de 2012 seria o fim da história humana?

Já para os aspirantes do movimento da Nova Era (não cristão, diga-se de passo), como John Major Jenkins, autor de “Maya Cosmogenesis 2012”, imaginam cenários de uma suposta mudança maravilhosa na consciência humana e o início da reestruturação da nossa civilização. O dito autor descreve a vindoura Nova Era desta forma: “Por volta do ano 2012 ocorrerá o que chamamos de um grande capítulo na história humana. Será o fim de todos os valores e pressupostos da Era do Mundo, e uma nova fase de crescimento humano terá início.”.

Toda essa ênfase sobre o ano de 2012 é baseada em uma mistura especulativa sobre o calendário Maia (o principal), o livro “O Código da Bíblia”, alguns escritos de Nostradamus e um pouco do Apocalipse bíblico. Para os incautos, a confusão das informações causa pânico e sentido de urgência em se preparar como for possível para o pior.

O Que Diz a Ciência?

Cientistas da Nasa, a agência do governo americano responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial, afirmam que:

“As previsões de mudanças catastróficas ou dramáticas em 21 de dezembro de 2012 são todas falsas. Previsões catastróficas incorretas tiveram lugar várias vezes em cada um dos últimos séculos. Os leitores devem ter em mente o que Carl Sagan notou há vários anos, “afirmações extraordinárias exigem provas extraordinárias.

Para quaisquer alegações de desastres ou mudanças dramáticas em 2012, o ônus da prova recai sobre as pessoas que fazem estas reivindicações. Onde está a ciência? Onde estão as provas? Não há ninguém, e todas as afirmações são meramente apaixonadas, persistentes e lucrativas, feitas em livros, filmes, documentários ou através da Internet, e não podem mudar esses fatos simples. Não há provas confiáveis para qualquer uma das afirmações feitas que sustentam eventos incomuns que possam acontecer em dezembro de 2012.” Tradução livre nossa, texto original em http://www.nasa.gov/topics/earth/features/yoemans20091110.html

Diante tudo isso, a pergunta que fica no ar é: existe alguma razão para os crentes em Jesus Cristo se preocuparem?

A Posição Bíblica

Em Mateus 24:3, Jesus foi questionado sobre o sinal de Sua vinda e o fim dos tempos. O Messias fez profecias de muitos eventos que aconteceriam antes de seu retorno (vários já cumpridos). Ele disse que haveria engano religioso (muitos tentando se passar por Ele), guerras e rumores de guerras, fomes, epidemias e terremotos, tudo levando a um tempo de grande tribulação. Seria um momento terrível para a raça humana, onde estaríamos à beira de destruir toda a vida na Terra, sendo necessário inclusive a abreviação dos tempo para que os escolhidos fossem salvos (versículos 21 e 22). Em seguida, Jesus profetizou que haveria sinais celestes, e então Ele voltaria com poder e grande glória (versos 29-30).

Ao mesmo tempo que Jesus deu sinais inequívocos aos Seus discípulos que indicariam o tempo do retorno, Ele disse expressamente que ninguém, nem mesmo Ele sabia o momento exato, senão o Pai. Em Marcos 13:32, lemos: “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos no céu, nem o Filho, mas somente o Pai”. O relato de Mateus coloca desta forma, “Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora em que o Filho do Homem virá” (Mateus 25:13).

A Bíblia não nos diz a data que Cristo voltará para salvar a humanidade da destruição. Mas existe a promessa de que Cristo vai voltar e criar um governo que trará paz e prosperidade para todos. E isso, certamente, não tardará muito a acontecer.

Fato é que Deus não nos incentiva a explorar calendários antigos ou buscar segredos supostamente escondidos na Bíblia. Pelo contrário, o Pai Celestial sempre foi muito claro em todas as suas ordenanças no Antigo Testamento. E Jesus seguiu por esta mesma linha na Nova Aliança. Na verdade, ele nos alerta contra os falsos profetas  (Mateus 7:15 e 2 Pedro 2:1), para que não sejamos levados pelo engano daqueles que afirmam ter conhecimento secreto de Sua volta (Mateus 24:4 e 23-27).

Qual Atitude Devemos Ter Diante de Tudo Isso?

O objetivo das profecias bíblicas é nos servir de alerta para a necessidade de estarmos sempre perto de Deus, por meio de Jesus Cristo, o único e suficente Salvador. Para isso, devemos crescer em graça e conhecimento, de forma a estarmos espiritualmente preparados para o Seu regresso, não só para o final de 2012, mas a qualquer momento (2 Pedro 3:14-18). Porque a advertência é: “Portanto, ficai vós também preparados, porque o Filho do Homem virá numa hora em que não penseis” (Mateus 24:44).

Como leitura complementar, sugerimos o texto Tsunamis, Doenças, Guerras… O Princípio das Dores?

Durma em paz e até a próxima mensagem!

Pastor Evangélico, Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Life, Executive & Professional Coach, Problogger.

Deixe uma resposta