Arquivo da tag: Espírito Santo

O Que Aprendo Com João 3:16

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

João 3:16 é o versículo chave da Palavra de Deus. Uma única frase com ensinamentos muito mais profundos que podemos imaginar. Toda a grandeza de Deus encerrada na seguinte declaração: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Continue reading

Senhor, Ensina-nos a Orar

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Certa vez um discípulo chegou a Jesus e lhe pediu: “(…) Senhor, ensina-nos a orar (…)” (Lucas 11:1).

Lucas menciona que Jesus estava orando em determinado lugar (11:1), quando os discípulos aproximaram-se e o questionaram a respeito da oração. Certamente o testemunho de vida com Deus do Senhor lhes confrontou uma falta que eles desejavam sanar. Vendo a deficiência das suas orações, foram humildes o suficiente para pedir ajuda. Embora a necessidade de orar seja natural para todos os que creem, a fraqueza humana clama por Jesus para que nos ensine a orar. Continue reading

Você Pode Contar Comigo

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Deus disse a Josué “Como fui com Moisés, assim serei contigo; Eu nunca te deixarei, nem te desampararei.” (Josué 1:5). Essas palavras ecoaram até o livro de Hebreus: “Não te deixarei, nem te desampararei.” (Hebreus 13:5). E são também as últimas palavras pronunciadas por Jesus no planeta terra: “E eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” (Mateus 28:20). Continue reading

O Dom de Falar em Línguas é Realmente Importante?

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Em 1 Coríntios 12, o apóstolo Paulo nos dá um guia básico sobre os nove Dons do Espírito Santo: sabedoria, conhecimento (ou ciência), fé, cura divina, milagres, profecia, discernimento de espíritos, variedade e interpretação de línguas. Pelo fato dos dons de falar em línguas e sua interpretação terem sido colocados em último lugar, alguns têm entendido  este fato como sendo uma demonstração de que esses dois dons são menos importantes em relação aos demais, e que não se deve realmente se preocupar com eles. No entanto, com o devido respeito e sem querer polemizar, respondo que esse argumento se baseia em uma abordagem inconsistente da interpretação bíblica. Continue reading

A Pessoa Bendita do Espírito Santo

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Em Gálatas 5:16, está escrito “Digo, porém: Andai pelo Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne.”.

Creio profundamente no Espírito Santo, a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Ele tem um nome pessoal. Pedro disse: “Ananias, como é que Satanás tem tão cheio seu coração que você mentiu para o Espírito Santo?” (Atos 5:3). E logo após: “Você não mentiu aos homens, mas a Deus” (v. 4).

Ele é uma pessoa a quem se deve ouvir e seguir os conselhos, e deve ser tratado com o respeito que Deus merece. Afinal de contas, como vimos no verso acima, Ele é Deus, assim como o Pai e o Filho também é. Portanto, tem os mesmos atributos divinos. Ele é Santo, Onisciente, Onividente, Onipotente, Onipresente como o Pai e o Filho (1 Coríntios 2:10-11;. João 16:12-13; Lucas 1:35) . Continue reading

A Chave Dos Milagres

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Ao longo do livro de Juízes e em toda a Bíblia é óbvia a mensagem que Deus está à procura de pessoas que obedeçam e confiem nEle pela fé. Essas veem milagres!

Muitas vezes nos deixamos seduzir por dons espirituais, pensando que eles são realmente a única coisa que importa. Mas, a verdade é que são inúteis sem a obediência e fé, porque nelas reside o verdadeiro poder, a chave dos milagres.

Outras vezes, pensamos ser possível conter o Criador dentro de uma caixinha e que podemos coagi-lo a nos abençoar como bem queremos. Desejamos este controle e estas bênçãos, mas poucos estão dispostos a assumir a verdade do Evangelho e a responsabilidade que vem com o Senhorio de Jesus. Continue reading

Paulo Nos Ensina a Não Desanimar!

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Em 1 Coríntios 2:3-4, Paulo nos confessa: “Eu vim para vós cheio de fraqueza e medo, e com grande tremor. Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas com uma demonstração do poder do Espírito “.

Nessas simples e verdadeiras palavras está a essência do seu método de evangelização. Ele define seu sentimento em “fraqueza e medo”. Paulo tem em mente a recepção fria que recebeu quando chegou a Corinto (At 18:1-11). Em um momento ele se sentiu tão abandonado e sozinho que o Senhor o acolheu com estas palavras: “E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales; Porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade.” Atos 18:9-10. Continue reading

Os Gomos De Um Fruto Muito Especial

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Inegavelmente, a bondade é um dos mais importantes “gomos” do Fruto do Espírito, como vemos em Gálatas 5:22 “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade”. Já em 1 Coríntios 13:4, ao mencionar Paulo que o amor deve ser paciente e benígno, certamente pensou no fato de que por causa do mesmo muito se sofre. Jesus que o diga, tendo em vista o que passou para que pudéssemos dizer que nEle somos mais que vencedores (Romanos 8:37)!

Quando lemos essa passagem de Gálatas, percebemos claramente que as diversas caracteristicas do Fruto se pertencem mutuamente, de tal forma que podemos concluir que a presença de uma não sobressai à ausência de outra. E tudo gira em torno do amor. Continue reading

Carros

Published / by Cláudio Corgozinho / Leave a Comment

Há um tempo atrás assisti a um ótimo filme, que apesar de ser voltado ao público infantil nos ensina grandes lições cristãs. Vou falar do filme Carros, uma produção da Disney/Pixar, que vale a pena conferir para entender melhor a presente mensagem.

Logo de início, percebemos que o personagem principal, Relâmpago McQueen, era uma “pessoa” que se achava autossuficiente. Arrogante em todos os sentidos, não venceu inicialmente a corrida porque não ouviu os colegas da equipe. Precisava realizar a troca de pneus, mas não agiu assim, porque acreditava que a sua perícia seria suficiente para vencer a corrida.

Nesse sentido, é o homem também que não ouve a Deus, que não segue os ensinamentos de Jesus. O homem que se acha suficiente sozinho, que não houve a voz do Espírito Santo, estará sempre fadado à derrota, nos momentos cruciais de sua vida. Continue reading